Kannemann avalia Série B, promete seguir dando tudo pelo Grêmio e cita sacrifício: “Acordava com dores, todo dia”


Zagueiro Walter Kannemann segue se recuperando de cirurgia no quadril e espera continuar ajudando o Grêmio

Com previsão de retorno aos gramados entre abril e maio desse ano, isto em função da cirurgia para corrigir dores no quadril, o zagueiro Walter Kannemann concedeu entrevista ao jornalista Duda Garbi e admitiu ter passado por um grande sacrífico na reta final do Brasileirão de 2021. No bate-papo, que vai ao ar na íntegra no canal de Duda no YouTube nesta segunda, às 19h, o argentino também projetou a disputa da Série B.

“Times de Série B e do Gauchão são difíceis. São jogos fortes. Ninguém te dá nada de presente. Tem que enfrentar. Tem que entrar no campo e ir para frente como sempre”, avaliou.

Kannemann, na mesma entrevista, afastou a possibilidade de sair do Grêmio neste momento. Ele está no clube desde a temporada de 2016 e quer seguir a parceria por mais tempo:

“Para mim, o Grêmio me deu muitas coisas. Para minha família também. Então eu vou tratar de ser recíproco. Acho que sempre dei o melhor para o clube. Tratarei de sempre, enquanto servir para as duas partes, dar meu melhor. Eu sou assim”, disse, para depois tratar do sacrifício feito para jogar com dores em 2021:

“Eu sentia pubalgia direto. Acordava com dores, não conseguia mexer. Todo dia a cintura dura”.

Sem Walter Kannemann neste começo de temporada de 2021, o Grêmio do técnico Vagner Mancini vem jogando com Geromel e o recém-contratado Bruno Alves na zaga, tendo Rodrigues como opção de banco de reservas.

Veja a chamada da nova entrevista de Kannemann, zagueiro do Grêmio:

Kannemann avalia Série B, promete seguir dando tudo pelo Grêmio e cita sacrifício: “Acordava com dores, todo dia”Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.