FERJ se pronuncia sobre racismo envolvendo Gabigol no Fla-Flu


Gabigol foi vítma de injúria racial durante o Fla-Flu, de acordo com nota oficial do Flamengo; adversário no clássico, o Fluminense não se pronunciou

A FERJ se pronunciou oficialmente na noite deste domingo (6) sobre o caso de racismo envolvendo Gabigol. A injúria racial, confirmada pelo Flamengo, ocorreu na saída de ambas equipes para o intervalo. Partindo da torcida do Fluminense, xingamentos com a palavra “macaco” foram direcionadas para o atacante do rubro-negro.

Em nota oficial, a Federação Esportiva do Rio de Janeiro disse que repudia todas as ofensas dirigidas à Gabigol, mas pregou que a competência para avaliar o caso é do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro, que ainda não se pronunciou.

Caso o Fluminense seja denunciado pelo TJD-RJ, o tricolor carioca corre o risco de jogar algumas partidas com portões fechados, visto que o autor da denúncia não foi identificado pelas equipes de segurança.

Gabigol se revoltou com a situação depois da partida e divulgou um desabafo contra o racismo nas redes sociais. O atacante do Flamengo foi um dos atletas que se pronunciou sobre o Caso Moise, quando um congolês foi espancado até a morte no Rio de Janeiro.

O Fluminense ainda não se pronunciou sobre o ocorrido no Fla-Flu até o fechamento desta matéria.

Veja a nota oficial da FERJ sobre Gabigol

“A FFERJ prega a igualdade, o respeito e lamenta e repudia as ofensas dirigidas ao atleta Gabriel Barbosa, do Flamengo. A competência para avaliar o caso é do Tribunal de Justiça Desportiva-RJ.”

FERJ se pronuncia sobre racismo envolvendo Gabigol no Fla-FluTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.