Carille justifica decisão em mudar esquema do Santos contra Corinthians


De virada, Peixe venceu Timão por 2 a 1, pelo Paulistão no primeiro clássico do time em 2022

O primeiro clássico de 2022 do Santos teve drama e emoção, mas ao fim terminou com a vitória do Peixe de virada por 2 a 1 na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista. Uma vitória na qual Fábio Carille apostou numa mudança de esquema tático e venceu,

Para enfrentar o Timão, o treinador optou por escalar uma linha defensiva de quatro (4-3-3), diferindo da visão de escalar três defensores que aconteceu no final de 2021 e nos primeiros dois jogos do Paulistão. Após a partida, Carille explicou a motivação em mudar a tática no jogo contra o rival.

“Eu não tinha alternativas para começar o Paulista, porque o Felipe Jonatan está fora e o Lucas Pires não jogou até o fim da Copinha. A gente tinha um problema na lateral-esquerda. Mantivemos os três zagueiros por necessidade, mas a gente já discutia a linha de quatro. Houve dúvida se a gente poderia escalar isso no clássico, mas decidimos que, quanto mais adiantássemos, melhor”, declarou o treinador santista.

“A resposta foi acima do esperado, treinamos muito pouco dessa maneira. Isso mostra que a gente está no caminho certo e a tendência é melhorar nos treinos e nos jogos. Foi uma vitória grandiosa”, completou.

Carille já cogitava escalar o Santos com apenas dois jogadores na parte central da defesa, mas sem muitas contratações para as posições necessárias e a Covid-19 atrapalharam os planos do treinador, que preferiu manter o esquema usado para manter o time na Série A do Brasileiro na temporada passada até decidir por alterar a tática para o jogo desta quarta na Neo Química Aren.a

“Tivemos jogadores que não fizeram a pré-temporada inteira por causa da Covid-19. Jogamos contra a Inter de Limeira com um a menos e depois às 11h de sábado (contra o Botafogo-SP). Isso não é desculpa, mas não me agradou quando vimos a tabela. O Botafogo jogou na terça, nós na quarta e com expulsão. Pagamos isso no sábado, a cabeça pensava e o corpo não obedecia. Sabemos das dificuldades e ficamos preocupados. Do quarto do CT (o técnico também teve Covid e voltou apenas nesta quarta) acompanhei e fui buscar soluções. Hoje, a resposta foi diferente, talvez porque tivemos um dia a mais (o Corinthians jogou no domingo contra o Santo André) e essas 24 horas podem fazer diferença sim, já que jogamos no sábado e eles no domingo. Fomos prejudicados contra o Botafogo e hoje tivemos vantagem”, afirmou.

LEIA TAMBÉM

Santos vira sobre o Corinthians e vence grande clássico no Paulistão

CBF divulga tabela da primeira rodada do Brasileirão 2022; veja

Corinthians perde de virada para o Santos pelo Paulistão e vira piada na web; veja memes

Herói do clássico, Marcos Guilherme elogia atuação do Santos: “Fomos um time de guerreiros”

 

Carille justifica decisão em mudar esquema do Santos contra CorinthiansTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.