NFL: Time de Washington, ex-Redskins, abandona alcunha racista e adota novo nome


Time da capital dos Estados Unidos jogou a última temporada da NFL com um nome genérico até que se fosse decidido como ele iria se chamar

O time da capital dos Estados Unidos na NFL deu um passo importante na sua história e terá um novo nome a partir de hoje. Depois de protestos e pressões que vinham da própria torcida, o Washington Redskins abandonou seu “sobrenome” em 2020 e anunciou como passará a ser chamado, nesta quarta-feira (2).

De bicicleta, do meio de campo, ‘chutaço’ no ângulo: assista aos 10 golaços da Copinha 2022

A alcunha anterior, cuja tradução livre é “pele-avermelhada”, fazia menção de maneira ofensiva aos povos indígenas estadunidenses. Mas mesmo com o público cobrando fora dos estádios e dentro deles, os representantes da Conferência Nacional só se movimentaram quando os patrocinadores ameaçaram desassociar suas marcas da equipe caso o nome fosse mantido.

Foi então que, em julho de 2020, o time se livrou do termo racista e adotou de maneira temporária o “Football Team” no lugar dos “Redskins”. Depois de dois anos de debate, finalmente, o Washington veio a publico para anunciar que passará a ser chamado de Commanders.

Assista ao vídeo:

“Um legado. Um futuro unificado. Nós somos os Washington Commanders”

Apesar da mudança importante, todos os cinco títulos de Conferência conquistados pela equipe serão mantidos nessa transição. Na última temporada, o time de Washington teve uma campanha de 7-10 e parou pelo caminho antes mesmo da fase dos playoffs.

Os Los Angeles Rams serão os representantes da NFC no Super Bowl contra o Cincinnati Bengals, ganhador da AFC. O jogão acontece daqui a dois domingos, no dia 13 de fevereiro e terá transmissão ao vivo da ESPN e da RedeTV!.

Leia também

CBF torna vacina contra Covid-19 obrigatória e vai punir jogadores que recusarem imunizante

Super Bowl LVI: NFL divulga trailer épico do Halftime Show com Eminem, Snoop Dogg e mais astros; assista

CBF ‘ignora’ Covid-19 e terá Mineirão lotado para jogo da Seleção Brasileira nas Eliminatórias

Kelly Slater recusa vacina, e Ministro do Esporte da Austrália promete barrar entrada do surfista no país

Atlético-MG revela economia astronômica com Diego Costa; veja os valores

Neymar x Felipe Neto, Robinho condenado e Copinha: veja o que marcou janeiro

Mercado da bola: Flamengo libera três atletas, destino de Douglas Costa, Mbappé no Real Madrid; os rumores de hoje

Destino de Jorge Jesus, novo comandante do PSG e mais: veja o mercado da bola dos técnicos em janeiro

NFL: Time de Washington, ex-Redskins, abandona alcunha racista e adota novo nomeTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.