Lembra dele? Em estreia por novo clube, Dedé faz pênalti e sai lesionado


Dedé voltou aos gramados após dois anos parado. Recomeço ocorreu na partida entre Ponte Preta e Inter de Limeira, válida pelo Campeonato Paulista

Conhecido por ter atuado em Cruzeiro e Vasco, o zagueiro Dedé voltou a disputar um jogo oficial após dois anos longe dos gramados por conta de lesões. O retorno, entretanto, não foi o esperado.

Neste sábado (29), o defensor estreou pela Ponte Preta. E a Macaca empatou por 2 a 2 com a Inter de Limeira, em jogo válido pelo Campeonato Paulista.

O placar final por si só não ofuscou o recomeço do futebolista. Dedé cometeu um pênalti e, além disso, saiu de campo machucado.

Aos 41 minutos do primeiro tempo, o atleta derrubou Jhonny Douglas na área. O pênalti foi convertido por Ronaldo Silva.

Já no segundo tempo, Dedé sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda e acabou substituído por Fabrício, aos 22 minutos.

Dedé fala em sonho e agradece à Ponte pela oportunidade

Em entrevista ao canal TNT Sports, Dedé falou sobre o recomeço da carreira. “É muito especial pra mim”, iniciou.

“Eu comentei com meus companheiros: lutem a cada segundo dentro de campo porque ficar fora é muito ruim. Não consigo nem explicar”, prosseguiu.

“Pra quem conviveu comigo nesses momentos de tanta luta, tanto sofrimento em certos momentos, mas também de dor. Pra mim, voltar e exercer (o meu trabalho) é o que eu mais amo”, acrescentou Dedé.

“Agradeço à Ponte por ter aberto as portas pra mim. Estou vivendo um sonho de como estivesse subindo da base pro profissional”, disse

“Agora é batalhar porque (ser jogador) é um trabalho que exige muita dedicação, muita força. É isso que estou fazendo”, concluiu Dedé.

Assista à entrevista de Dedé no vídeo abaixo

Dedé se machuca e é substituído

Ficha técnica – Ponte Preta x Inter de Limeira

Ponte Preta: Ygor Vinhas; Norberto, Fábio Sanches, Dedé (Fabrício) e Guilherme Santos; Moisés Ribeiro (André Luiz, depois Matheus Jesus),  Marcos Jr (Matheus Anjos), Léo Naldi e Fessin; Luiz Fernando (Niltinho) e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.

Inter de Limeira: Lucas Frigeri; Léo Duarte, Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Matheus Galdezani (Pedro do Rio), Johny Douglas (Júlio Rusch) e Felipe Baxola (Tito); Geovane (Diego) , Osman e Ronaldo (Gui Mendes). Técnico: Vinícius Bergantin.

Gols: Fessin, aos 16 minutos, e Ronaldo, aos 44 do primeiro tempo; no segundo tempo, Xandão aos oito e Lucca aos 45 minutos.

Arbitragem: Pablo Rodrigo Soares de Oliveira apitou, tendo como assistentes Daniel Paulo Ziolli e Evandro de Melo Lima. O quarto árbitro foi Humberto José Júnior e o árbitro de vídeo (VAR) foi Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Cartões amarelos: André Luiz (Ponte)

Publico Pagante – 1.788

Não Pagante – 48

Publico Total – 1.836

Renda – R$ 23.360,00

Leia também:

Copa do Mundo, Champions League, Série A e mais: 9 competições para ficar de olho em 2022

Em transmissão da Série B, afiliada da TV Globo erra e áudio vazado decreta: “foi gol, pô”

Cavani, Soteldo e mais: 8 gringos especulados para jogar na Série A em 2022

Lembra dele? Após ser expulso, Neto Berola chuta árbitro; assista

 

Lembra dele? Em estreia por novo clube, Dedé faz pênalti e sai lesionadoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.