Ficaram no vice! 3 times brasileiros que já disputaram a final da Libertadores e nunca ganharam


Grande sonho das torcidas do país, o torneio é rico em histórias de clubes que por pouco ainda não ergueram a taça

O futebol brasileiro já conquistou a Taça Libertadores 21 vezes. Até hoje, dez clubes do país se sagraram campeões do maior torneio continental da América do Sul: Santos, São Paulo, Grêmio e Palmeiras três vezes; Cruzeiro, Internacional e Flamengo duas vezes; e Vasco, Atlético-MG e Corinthians uma vez.

Há ainda três times que chegaram perto, mas ficaram com o grito entalado na garganta. Relembre suas trajetórias:

São Caetano (2002)

O Azulão viveu seu momento de glória no futebol brasileiro no começo do ano 2000. O clube do ABC paulista disputou duas finais do Campeonato Brasileiro seguidas. Foi vice nas duas, perdendo para Vasco (em 2000) e Athletico-PR (2001).

Mas a façanha maior veio logo em seguida, quando o time foi à decisão da Libertadores. No mata-mata, o São Caetano eliminou os tradicionais Universidad Católica, Penãrol e América (do México, país que disputava a competição na época). Assim, chegou à final contra o Olímpia do Paraguai.

No primeiro jogo, fora de casa, vitória por 1 a 0. Parecia que o time sensação do futebol brasileiro naquele momento iria se consagrar de vez. Porém, mesmo empurrado por um Pacaembu lotado por simpatizantes de outros clubes de São Paulo, o Azulão perdeu a taça na partida de volta. Derrota por 2 a 1 no tempo normal e 4 a 2 nos penâltis.

Athletico-PR (2005)

O Furacão se sente prejudicado até hoje pela Conmebol na final, contra o São Paulo. A entidade proibiu o clube de jogar a primeira partida da decisão em sua casa, na Arena da Baixada. O estádio não atendia a exigência mínima de 40 mil lugares.

Assim, a ida foi disputada no Beira-Rio, em Porto Alegre. O placar de 1 a 1 complicou as coisas para o Athletico. Na volta, no Morumbi, o time foi atropelado pelo tricolor paulista, que venceu por 4 a 0.

Fluminense (2008)

O tricolor carioca passou muito perto de conquistar a Libertadores de forma épica. Nas quartas, eliminou o São Paulo com um gol perto do final do tempo regulamentar. Na semifinal, superou o favorito Boca Juniors. Na decisão, encarou a LDU.

No jogo de ida, na altitude de Quito, derrota por 4 a 2. Na volta, a torcida do Fluminense fez festa no Maracanã acreditando que o time poderia dar o troco. E quase aconteceu. Com três gols de Thiago Neves, o tricolor venceu por 3 a 1, de virada, no tempo normal. Mas aí vieram os pênaltis, com erros dos três principais jogadores da equipe: Conca, Thiago Neves e Washington. Não foi desta vez que a taça seguiu para as Laranjeiras.

LEIA TAMBÉM:

Antonio Tabet aponta o culpado pela derrota do Flamengo na final da Libertadores

Após chamar Botafogo de clube de menor expressão, emissora pede desculpas

Neto detona Neymar por atitude exposta no documentário da Netflix

Arrascaeta ou Diego? Braz crava o dono da camisa 10 do Flamengo

Clube oferece quantia milionária ao Palmeiras para contratar Giovani

Com Marinho, Flamengo tem os últimos três craques da Libertadores em seu elenco

Vasco ou Fluminense? Cano se confunde em entrevista pós-jogo e torcedores não perdoam

Atuação no jogo maluco contra o Equador mostra que Fred vem se tornando cada vez mais importante na Seleção Brasileira

Ficaram no vice! 3 times brasileiros que já disputaram a final da Libertadores e nunca ganharamTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.