Quanto combustível é queimado em uma corrida de Fórmula 1?


O regulamento obriga os carros a largar e completar o circuito com no máximo 110 kg de combustível no tanque. Desde 2010, não vale reabastecer no pit stop: o piloto precisa chegar ao final apenas com o que o veículo é capaz de carregar.

Fala-se em quilos, e não litros, porque a densidade da gasolina muda conforme a temperatura – e é a massa que faz diferença no desempenho, não o volume. Considerando que em 2021 havia 20 carros na disputa, são no máximo 2,2 toneladas de gasolina por corrida caso todos completem a prova. Isso dá 3 mil litros com densidade de 0,75 kg/l, o suficiente para encher 62 vezes o tanque de 48 l de um Fiat Uno.

Outras curiosidades sobre tanques e combustíveis:

Opala não é apelido de cachaceiro à toa: o sedan da Chevrolet fazia 3,8 km por litro de álcool na cidade. Um Honda Fit atual, para comparar, faz 8,7.

O tanque M1 Abrams queima 38 litros de querosene de aviação JP-8 só para dar ignição. Ele é movido por uma turbina flex: também topa gasolina e diesel.

O foguete Saturn 5 que levou a missão Apollo 11 à Lua queimava 20 toneladas de combustível por segundo nos primeiros 2,5 minutos após a decolagem.

Compartilhe essa matéria via:

Pergunta de @joao_hen_, via Instagram

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.