Atlético-MG não pretende usar cria da base e busca interessados para emprestar jogador


Vítor Mendes foi um dos destaques do Juventude no Campeonato Brasileiro de 2021

Com a chegada de Diego Godín, o Atlético-MG vê que o zagueiro Vítor Mendes, apesar de ter feito uma ótima temporada pelo Juventude em 2021, não terá espaço no elenco. Por isso, o objetivo da diretoria é conseguir emprestar novamente o jogador.

O Torcedores.com apurou que diversas equipes do futebol brasileiro fizeram sondagens por Vítor Mendes, mas ainda não houve uma proposta oficial. Agora, a diretoria atleticana intensifica a atuação nos bastidores para atrair interessados.

Na última semana, por exemplo, o Atlético-MG foi procurado por representantes do CRB, CSA, Náutico, Sampaio Corrêa e Sport. Mas o clube mineiro deseja emprestá-lo para um clube da elite do futebol nacional a fim de valorizá-lo na vitrine do Campeonato Brasileiro.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Juventude, clube pelo qual Vítor Mendes atuou no último ano, mostrou interesse em continuar com ele em 2022, e pode acabar sendo o destino do zagueiro.

Vítor Mendes retornou ao Atlético-MG a pedido do ex-técnico Cuca. A ideia era utilizá-lo no começo do Campeonato Mineiro durante a pré-temporada dos principais jogadores alvinegros. Com a saída do treinador, o defensor ficou com a situação indefinida.

A carreira de Vítor Mendes

Vítor Mendes chegou ao Atlético-MG em 2018. Revelado pela Inter de Limeira, ele atuou por três temporadas nas divisões de base do Santos. Desde então, o zagueiro disputou 33 partidas e marcou quatro gols com a camisa atleticana.

Apesar disso, o defensor não conseguiu se firmar como titular do Galo. E, por isso, foi emprestado em sequência ao Guarani, Boa Esporte, Figueirense e Juventude onde teve atuações destacada na última Série A do Campeonato Brasileiro.

Pelo clube gaúcho, o jogador disputou 46 jogos, sendo 34 no Brasileirão, um na Copa do Brasil, um no Brasileirão de Aspirantes e 10 no Campeonato Gaúcho. Nesse ínterim, fez três gols e acumulou 3.986 minutos em campo com a camisa do Ju.

Seu contrato com o Atlético-MG vai até dezembro de 2024. E a multa rescisória está fixada em 8 milhões de euros (R$ 50,5 milhões, pela cotação atual). O Galo é dono de 70% dos direitos econômicos do zagueiro. O restante do passe está preso ao Santos.

LEIA MAIS: 

Ex-Atlético-MG, Franco Di Santo deve trocar San Lorenzo por clube da Turquia 

Na mira do Atlético-MG, Cristián Pavón recebe proposta de clube mexicano 

Na mira do Atlético-MG, Cristián Pavón não se reapresenta e força saída do Boca Juniors 

Diego Godín será o décimo terceiro uruguaio na história no Atlético-MG; relembre os outros 

Alvo do Flamengo, Salcedo faz postagem enigmática e agita torcedores 

Mercado da Bola: Ex-Palmeiras, Jaílson negocia com clube da Séria A 

De saída? Flamengo receberá nova oferta milionária para vender destaque da equipe 

Atlético-MG bate o martelo e define futuro de meio-campista para 2022

Atlético-MG não pretende usar cria da base e busca interessados para emprestar jogadorTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.