CBF ainda procura nome para comandar arbitragem em 2022


Substituto de Leonardo Gaciba segue ainda em incógnita; atual dirigente do quadro de árbitros é  considerado ‘interino’ pela entidade

A CBF fez mudança em 2021 no comando de arbitragem, tirando Leonardo Gaciba para a entrada de Alício Pena Júnior. Mas o atual diretor do núcleo pode ser substituído em 2022, conforme indicação do Uol Esporte ao analisar o assunto,

De acordo com o portal, a entidade ainda deseja uma reestruturação mais profunda no quadro de árbitros para 2022 e vem procurando nomes para participar de tais mudanças. Uma nova alteração na chefia do departamento também não está descartada segundo a cúpula da Confederação Brasileira de Futebol.

A mudança inicial aconteceu nos momentos finais do Brasileirão 2021. A pressão de times quanto às decisões dos juízes de campo e do VAR e polêmicas durante a competição acabaram fazendo com que Gaciba saísse para a chegada de Alício Pena, mas este ainda consta nos documentos da CBF como ‘presidente interino’ da comissão de arbitragem da entidade.

O pensamento da entidade é de fazer a mudança ainda em janeiro, antes mesmo da eleição que definirá quem será o presidente. Ednaldo Rodrigues, mandatário em exercício, quer anunciar os novos nomes que irão comandar o quadro de árbitros no começo de 2022, independentemente de qual candidato sair vitorioso no pleito que indicará quem assumirá o restante do mandato deixado por Rogério Caboclo, suspenso do cargo por assédio à funcionárias da confederação.

Por enquanto, não há indicações de nomes que sejam os favoritos da CBF para o comando da arbitragem, mas há dois nome que tem dividido opiniões: Giuliano Bozzano, ex-árbitro e hoje na Escola Nacional de Arbitragem e um nome que não tenha trabalhado diretamente em campo, como alguém ligado à administração ou gestão.

Enquanto o quadro de árbitros espera pela definição de quem os comandará em 2022, os principais juízes do país farão ainda em janeiro os testes da Conmebol para poder apitar jogos das competições sul-americanas, além de treinamento de VAR desta entidade e da Fifa para a Copa do Mundo Feminina.

LEIA TAMBÉM

CBF quer discutir Fair Play Financeiro em 2022; entidade sofre pressão de clubes

Torcida do Corinthians lota estádio e jogo da Copinha acaba sendo paralisado

Vai pra Copa? Repórter da ESPN diz que jogador do Corinthians será convocado se “jogar 10% a mais do que está jogando”

Atlético-MG tem concorrência de time espanhol e dois clubes sul-americanos por Godín

Mercado da bola: Brasileirão Série A tem 35 laterais com contrato encerrando em 2022; veja os nomes

Pedido inusitado no Flamengo, atleta do Corinthians no BBB22, futuro de Douglas Costa, limpa no United e mais: as últimas do futebol

Copa Africana será disputada em país com 3% da população vacinada

Vinicius Junior supera Mbappé e Haaland e atinge valor de mercado de mais de R$ 1 bilhão

CBF ainda procura nome para comandar arbitragem em 2022Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.