Playlist: 5 coisas para ler, ver e jogar em dezembro


O confisco da poupança

Março de 1990. A inflação passa de 70% ao mês e o governo Collor anuncia uma medida radical para tentar freá-la: bloqueia as contas correntes e cadernetas de poupança dos brasileiros. Só era permitido sacar 50 mil cruzados novos (equivalente a R$ 15 mil atuais), e o resto ficava preso no banco por 18 meses. Este documentário relembra o que aconteceu – nas palavras dos autores da ideia e de gente que teve a vida arrasada pelo plano. 

Confisco. Disponível no serviço HBO Max.

<span class="hidden">–</span>Editora Objetiva/Divulgação

Física quântica para dummies

Ela está cheia de fenômenos bizarros, como coisas que podem existir em dois lugares (ou em dois estados) ao mesmo tempo. Mas por trás disso há uma lógica acessível, que qualquer pessoa pode entender – e o físico italiano Carlo Rovelli destrincha maravilhosamente bem neste livro simples e conciso, com menos de 200 páginas.

O Abismo Vertiginoso.  R$ 39,90.

<span class="hidden">–</span>Xbox Game Studios/Divulgação

A terceira arma

Continua após a publicidade

O Xbox Series X/S chegou ao mercado sem blockbusters exclusivos – bem atrás, nesse aspecto, do PlayStation 5. Mas, aos poucos, a Microsoft foi remediando isso. Primeiro vieram os impressionantes Flight Simulator e Forza Horizon 5, e agora o novo jogo da franquia de tiro Halo. Chega com um ano de atraso e grande responsabilidade: restaurar e consolidar a liderança do Xbox no mercado de shooters.

Halo Infinite. Para Xbox e PC. Grátis no serviço Xbox Game Pass.

<span class="hidden">–</span>Nintendo/Reprodução

Batalha de cérebros

Raciocínio espacial.  Memória. Velocidade de resposta. Identificação de padrões. Essas são algumas das coisas avaliadas nos testes de QI – e também neste game da Nintendo, uma coleção de exercícios divertidos e surpreendentemente difíceis. Dá para jogar sozinho ou contra outras pessoas.

Big Brain Academy. Para Switch. R$ 149. 

<span class="hidden">–</span>Editora Faro Editorial/Divulgação

“A força não vem da capacidade física. Ela vem de uma vontade indomável”,

diz o ativista indiano Mahatma Gandhi neste livro, que reúne seus escritos e cartas trocadas com o escritor russo Liev Tolstói nos anos 1910. Eles tinham muito em comum: a revolta contra a opressão, o desejo de justiça – e a fé em meios não violentos de alcançá-la.

Correspondências Entre Gandhi e Tolstói. R$ 49,90.

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.