Valentim admite atuação ruim contra o Atlético-MG, mas reconhece “ano muito bom” do Athletico


Treinador do Furacão também aponta desgaste de sua equipe na temporada e cita o Galo como “melhor time do Brasil”

Neste domingo (12), o Athletico enfrentou o Atlético-MG no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela partida de ida das finais da Copa do Brasil, e acabou sendo goleado pelo placar de 4 x 0.

Essa foi a primeira vez na história da competição nacional que uma equipe sofreu quatro gols em um jogo da decisão. Com o tropeço, o Furacão agora precisa superar o Galo por cinco gols de diferença para ser campeão. Em caso de um triunfo rubro-negro por quatro tentos de vantagem, o título será decidido nas cobranças de pênaltis.

“Foi uma noite muito infeliz do nosso time. Não conseguimos jogar e acabamos dando a possibilidade para um adversário muito forte”, declarou o técnico do Athletico, Alberto Valentim, em entrevista depois da partida.

“O primeiro gol, em um lance de muita infelicidade, fez com que o time se desestabilizasse um pouco. Não estamos aqui para tirar as nossas possibilidades. Quem não esteve à altura hoje foi o nosso time, que infelizmente não conseguiu jogar”, explicou o comandante.

Por outro lado, Valentim fez questão de reconhecer a dedicação de seus jogadores no decorrer de uma temporada “extremamente desgastante”.

“Eu citei sempre nas vitórias o desgaste que nosso time sofreu. Claro que hoje estamos tristes. Não era aquilo que a gente queria. Mas não vamos tirar nem um pouco a temporada que esse time está fazendo. Até pouco tempo atrás, estava disputando três campeonatos, com um elenco que não é muito grande”, avaliou o treinador.

“Temos que absorver as críticas, aceitá-las, mas sem esquecer tudo o que esse time fez. Eles merecem fazer um jogo de volta à altura da temporada. Contra um time muito forte, de investimento muito alto, que é o melhor do Brasil hoje”, sentenciou.

O segundo e decisivo confronto entre Athletico e Atlético-MG acontece na próxima quarta (15), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba. Valentim afirma que o Furacão vai em busca de uma grande apresentação no encerramento da atual temporada, mesmo com o placar adverso.

“Temos agora que procurar fazer de tudo para vencer o jogo, independentemente do placar, e fazer uma grande partida na Arena. O torcedor está triste como nós estamos. Aqueles que ficaram em Curitiba e aqueles que vieram esperavam que fizéssemos um bom jogo, mas foi ao contrário do que eles e nós queríamos”, admitiu Valentim. E completou:

“Temos que estar juntos agora. O Athletico conseguiu fazer um ano muito bom, com um grande título, tirando times muito mais fortes em relação a investimento. Não podemos esquecer o que foi feito pelos atletas durante o ano todo”.

LEIA TAMBÉM

Cavani no Corinthians, futuro de Douglas Costa, reforço no Palmeiras, venda no Grêmio: notícias do futebol no final de semana

Diego Costa, David Luiz, Willian e mais: 16 reforços que chegaram no meio da Série A

Vinicius Junior brilhando com assistências, Claudinho marcando na Rússia e mais: os brasileiros destaques no futebol mundial neste fim de semana

Final da Copa do Brasil entre Atlético-MG x Athletico pode colocar o Flamengo na disputa da Supercopa do Brasil; entenda

Verstappen ultrapassa Hamilton na volta final e é campeão mundial de F1

Gabigol revela qual é o maior sonho de sua carreira no futebol e surpreende

Torcida do Grêmio publica nota, isenta Renato de culpa e pressiona Bolzan com duas “obrigações” para 2022

Comentarista confirma saída da Globo após 18 anos: “Ciclo que se encerra”

Flamengo: Gol de Michael contra a Chapecoense é eleito mais bonito do Brasileirão; assista

Palmeiras desbanca rivais e lidera ranking de clubes mais populares no Google em 2021; veja top-10

Valentim admite atuação ruim contra o Atlético-MG, mas reconhece “ano muito bom” do AthleticoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.