Ricardo Rocha no Cruzeiro: Relembre os trabalhos do ex-zagueiro como dirigente


Ricardo Rocha assinou contrato com o clube mineiro até dezembro de 2022

Antes de mais nada, o ex-zagueiro Ricardo Rocha foi contratado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues para exercer a função de coordenador de futebol do Cruzeiro. Ele chega ao clube indicado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Dessa forma, irá trabalhar junto a Rodrigo Pastana, diretor-executivo de futebol do clube.

Como jogador, Ricardo Rocha tem um currículo de fazer inveja. Afinal, ele atuou por Santa Cruz, Guarani, São Paulo, Santos, Vasco, Fluminense e Flamengo. No exterior, defendeu o Sporting, Real Madrid e Newell’s Old Boys.

Além disso, o Xerife integrou o grupo da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo de 1994. Ou seja, experiência não lhe falta para ajudar a comandar o futebol do Cruzeiro. Após pendurar as chuteiras, ele trabalhou como comentarista do Sportv, ESPN, FOX Sports, SBT e Record.

Sua chegada a Toca da Raposa servirá também para ser o elo de ligação entre dirigentes, jogadores e a comissão técnica encabeçada por Vanderlei Luxemburgo. A função é a mesma que exerceu nos tempos de Criciúma, São Paulo, Santa Cruz e CRB.

O Torcedores.com aproveitou a chegada de Ricardo Rocha no Cruzeiro para fazer uma análise da atuação ex-zagueiro como dirigente. Veja abaixo o levantamento feito pela reportagem. E tire suas próprias conclusões…

2007 | CRB

Na primeira experiência como dirigente, Ricardo Rocha fez uma parceria entre o clube e o Atlético-MG. Na época, Roberto Firmino, atacante do Liverpool, estava começando a carreira e o CRB disputava a Série B do Brasileirão. Em campo, o time fez boa campanha, terminou em oitavo, com 53 pontos, e até brigou pelo acesso junto com o Vitória que conseguiu o acesso.

2008 | Santa Cruz

Ricardo Rocha foi contratado pelo clube que o revelou para comandar o departamento de futebol do Santa Cruz. Com poucos recursos em caixa, o dirigente não conseguiu formar um elenco competitivo para disputar a Série C do Brasileirão. Dessa forma, o time terminou na lanterna do grupo. Dessa forma, foi rebaixado para a quarta divisão nacional.

2018 | São Paulo

Foi contratado para comandar o departamento de futebol tricolor ao lado dos ídolos Raí e Diego Lugano. No entanto, o ex-zagueiro se desentendeu com alguns dirigentes após a demissão de Diego Aguirre na reta final do Campeonato Brasileiro de 2018. No fim da competição, ele foi dispensado pelo clube. 

2019 | Criciúma

Após deixar o São Paulo, Ricardo Rocha foi contratado para reestruturar o departamento de futebol do Criciúma. Lá, ocupou o cargo de assessor de futebol do clube. Após três meses, ele deixou o clube por não concordar com as demissões do técnico Doriva e do diretor de futebol Nei Pandolfo.

LEIA MAIS: 

César volta a treinar cinco meses após sofrer grave lesão; goleiro tem futuro indefinido no Flamengo 

Grêmio ganha concorrência de clube alemão, que também tem interesse em Carlos Vinícius 

Vanderlei Luxemburgo no Cruzeiro: Relembre o trabalho do treinador nos últimos 10 anos

Ricardo Rocha no Cruzeiro: Relembre os trabalhos do ex-zagueiro como dirigenteTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.