Um sonâmbulo acorda com sono?


Pode acontecer, mas não é regra. Tudo depende das peculiaridades de cada paciente, de quanto tempo durou o episódio de sonambulismo e de quantas vezes ele se repete na mesma noite (e ao longo de várias noites).

As ocorrências costumam ser breves: algo entre 10 e 20 minutos. Mas podem alcançar até uma hora em alguns pacientes.

Nestes casos, em que há maior privação do sono, o sonâmbulo pode acordar sonolento – o fato de que ele permaneceu inconsciente enquanto agia não significa que realmente tenha descansado.

O cansaço também é cumulativo: se a pessoa assaltar a geladeira nos braços de Morfeu várias noites seguidas, essa sequência de interrupções pode gerar uma exaustão crônica. Como a dos pais de recém-nascidos, que acordam toda noite com o nenê chorando.

O sonambulismo se manifesta durante a parte mais profunda do sono, quando não sonhamos (mais especificamente, a fase 3 não-REM).

Pergunta de @brennoband, via Instagram

Fonte: Daniel Suzuki, do Laboratório do Sono e Ambulatório de Distúrbios do Sono (ASONO) do HCFMUSP

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.